Preparação da superfície para impermeabilização

 

Na hora de impermeabilizar, o que muita gente não sabe, é que uma das coisas mais importantes é a condição da superfície à ser impermeabilizada.
Independente do tipo de material, à superfície ser adequada de acordo com a necessidade. 

É de extrema importância que os caimentos estejam devidamente funcionais, qualquer imperfeição ou erro na execução da regularização poderá causar empoçamentos de água e isso se torna extremamente prejudicial ao sistema impermeabilizante. Você tendo água empoçada em sua laje, ela poderá não estar visível, mas estará lá, causando à oxidação da impermeabilização e reduzindo sua vida útil, além de poder causar a soltura de pisos de revestimentos além de fissuras.

Exemplo de caimento:

Quanto ao arremate do sistema impermeabilizante ao rodapé, é preciso ter muita atenção para preparar corretamente. Se houver ângulos retos, poderá não haver aderência do produto impermeabilizante. 

Exemplo de preparação de rodapé:

O sistema se torna uma espécie de sanduíche, onde à primeira camada sobre a laje é a regularização dando os devidos caimentos aos coletores, depois o sistema impermeabilizante que no caso de uma manta asfáltica, seria à própria mais um filme de polietileno ou papel kraft. O papel/filme tem a função de ser uma camada separadora evitando que o atrito da proteção mecânica danifique a manta asfáltica. Em ocasiões que é utilizado isolante térmico como o isopor XPS ou extrudado, não é necessário a utilização de camada separadora. 

 

 

 

 

Nossa missão:

A IMPERMAPE tem como objetivo fornecer serviços com qualidade diferenciada, com excelente atendimento e utilizando sempre materiais de primeira linha com profissionais capacitados.

©2020 IMPERMAPE. All Rights Reserved.

Search